Amália Rodrigues

LETRA 'AS PENAS'

Amália Rodrigues - As Penas

Como disserem das minhas,
As penas das avezinhas,
De leves levam ao ar!
As minhas pesam-me tanto,
Que às vezes, já nem o pranto
Lhes alivia o pesar!

Os passarinhos têm penas,
Que as lindas tardes amenas
Os levam por esses montes!
De colina em colina,
Ou pela extensa campina
A descobrir horizontes!

São bem felizes as aves
Como são leves, suaves,
As penas que Deus lhes deu!
As minhas pesam-me tanto,
Ai, se tu soubesses quanto,
Sabe Deus e sei-o eu!

Apoyar a Amália Rodrigues

  • Amália Rodrigues no está entre los 500 artistas más apoyados y visitados de esta semana.

    ¿Apoyar a Amália Rodrigues?

    Ranking SemanalMedallero