Lambada de Serpente

Belo

Letra de la canción

Cuidar do pé de milho

Que demora na semente

Meu pai disse

"Meu filho noite fria, tempo quente"

Lambada de serpente

A traição me enfeitiçou

Quem tem amor ausente

Já viveu a minha dor

No chão da minha terra,

Num lamento de corrente

Um grão de pé de guerra

Pra colher dente por dente

Lambada de serpente

A traição me enfeitiçou

Quem tem amor ausente

Já viveu a minha dor

Lambada de serpente

A traição me enfeitiçou

Quem tem amor ausente
fuente: musica.com

Letra añadida por: votasgu (#651)

Belo
Valora la calidad de la letra

Compartir 'Lambada de Serpente'

compartir en facebook
compartir en google plus
compartir en twitter
Enviar letra a un mail
Imprimir letra
ir a arriba