SOLIDÃO, QUE NADA

Cazuza

Letra de la canción

Cada aeroporto
É um nome num papel
Um mesmo rosto
Atrás do mesmo véu

Alguém me espera
E adivinha no céu
Que meu novo nome é
Um estranho que me quer

E eu quero tudo
No próximo hotel
Por mar, por terra
Ou via Embratel

Ela é um satélite
E só quer me amar
Mas não há promessas, não
É só um novo lugar

Viver é bom
Nas curvas da estrada
Solidão, que nada
Viver é bom
Partida e chegada
Solidão, que nada
fuente: musica.com

Letra añadida por: votasgu (#651)

Cazuza
Valora la calidad de la letra

Compartir 'Solidão, que nada'

compartir en facebook
compartir en google plus
compartir en twitter
Enviar letra a un mail
Imprimir letra
ir a arriba