ME BATE, ME XINGA

Hugo Pena e Gabriel

Letra de la canción

Eu vivo no meio da mulherada
Onde tem mulher, eu to na parada
Eu gosto daquela que chega e intima
Que olha nos olhos, me ganha e domina
Sussura no ouvido, me chama pro ninho
E me dá porrada com muito carinho

Me bate, me xinga
Me chama dee bandido
Esquerda, direita
No pé do meu ouvido
Amor, faça mais isso que aumenta ainda
Mais a sensação
E eu gosto, eu gosto de montão

Não sei se é vicio ou se é mania
Eu quero é mulher de noite ou de dia
Poded ser morena, mulata ou lourinha
Usou minissaia, dançou, ta na minha
Não ligo pra hora, não ligo pra nada
Só fico feliz no meio da mulherada

Me bate, me xinga
Me chama dee bandido
Esquerda, direita
No pé do meu ouvido
Amor, faça mais isso que aumenta ainda
Mais a sensação
E eu gosto, eu gosto de montão

Cuidado comigo que eu mordo a maçã
Sou primo terceiro do Don Juan
Eu sou carinhoso, amante ideal
Cuidado, garota, que eu sou animal
fuente: musica.com

Letra añadida por: votasgu (#955)

Hugo Pena e Gabriel
Valora la calidad de la letra

Compartir 'Me Bate, Me Xinga'

compartir en facebook
compartir en google plus
compartir en twitter
Enviar letra a un mail
Imprimir letra
ir a arriba