TALE OF REVENGE EN PORTUGUÉS

Ensiferum

Letra de la canción

Carrego um conto da escuridão a nunca ser conhecido
Na escuridão caída agora, no ódio crescido agora.
Como a criança do renascimento que nadou nos mares silenciosos
do sangue, esmagando todos seus sonhos.
Nenhuma parede do castelo pode prender a fúria em seus olhos
A devoção para a morte, controla agora sua vida.
Nem ouro ou prata podem trazer-lhe a consolação
Somente uma coisa é deixada dentro dele, o desejo da vingança.

Assim num frio claro e pálido, dormindo quieta e sozinha.
Uma vida assim fria e cinza, vagueando longe do repouso.

Partido com um grito horrível, a neve cai em seu cabelo.
Unido pela espada de gritos maus
Que ações fez para ouvir aqueles sons da morte
Nas ruínas das memórias vagueia, limitado para sempre.
Limitado para sempre à morte!

Espere por mim nas montanhas, grite por mim nos ventos.
Espere por mim na terra onde nada vive
Até o dia onde eu encontrei a vingança, e eu alimentarei minha espada.
Até que meu coração esteja frio, cada respiração minha é sua.
fuente: musica.com

Letra añadida por: gabrielcandiavela (#10.916)

Ensiferum
Valora la calidad de la letra

Compartir esta página

compartir en facebook
compartir en google plus
compartir en twitter
Enviar letra a un mail
Imprimir letra
ir a arriba