Chorinho Inconseqüente

Raul Seixas

Letra de la canción

Queria ter o meu amor Lá no cinema
No poeira de Ipanema gargalhando pra valer
E uma patota inconsequente na Tijuca
Estraçalhando a minha cuca e me dando o que fazer

Queria ter a praia,
O sol e a contra-mão
A confusão da rua,
O som de uma canção
A multidão que passa,
A praça é agitação
O futebol de areia,
O chope em vocação

E eu queria ter amor, ter liberdade
Pra ter toda esta cidade dentro do meu coração
2X

Queria ter o meu amor Lá no cinema
No poeira de Ipanema gargalhando pra valer
E uma patota inconsequente na Tijuca
Estraçalhando a minha cuca e me dando o que fazer

Queria ter a praia,
O sol e a contra-mão
A confusão da rua,
O som de uma canção
A multidão que passa,
A praça é agitação
O futebol de areia,
O chope em vocação

E eu queria ter amor, ter liberdade
Pra ter toda esta cidade dentro do meu coração
2X
fuente: musica.com

Letra añadida por: votasgu (#651)

Raul Seixas
Valora la calidad de la letra

Compartir 'Chorinho Inconseqüente'

compartir en facebook
compartir en google plus
compartir en twitter
Enviar letra a un mail
Imprimir letra
ir a arriba