O CARA É BOM

Marcelo Miranda

Letra de la canción

Deitado eternamente em vão
Verás que um filho teu não foge...

(meu brasil)
Lupanar, bordel, curvo, matadouro
Resto de cintel, puteiro, suadouro
O lema da canalha é cada um por si
Vender a mãe na zona, depois sumir daqui

Venha o que vier
Malandragem não é pra quem quer
Pinga fogo, come cru
O que é do homem pega, mata e...

(meu quinhão)
Faca, cutucão, galhofa, esporão
Cotovelação, lambada, vergalhão
Pau-de-arara e pão, banda podre, o cão
Esculhambação, pizza e tostão

Haja o que houver
Malandragem não é pra quem quer
Pinga fogo, come cru
O que é do homem pega, mata e...

(o cara é bom)
Choldra, escumalha, povo, servidão
Gentio ou gentalha, ralé, escravidão
Lacaio, escória, plebe, lúmpen, aversão
Cumbuca, mete a mão, no meu bolso não

Homem ou mulher
Malandragem não é pra quem quer
Pinga fogo, come cru
O que é do homem pega, mata e...

O cara é bom!
fuente: musica.com

Letra añadida por: votasgu (#651)

Valora la calidad de la letra

Compartir 'O Cara É Bom'

compartir en facebook
compartir en google plus
compartir en twitter
Enviar letra a un mail
Imprimir letra
ir a arriba