DE LUMIÈRE ET D'OBSCURITÉ EN PORTUGUES

Dark Sanctuary

Letra de la canción

De luz e obscuridade

É tão único e faz tão frio aqui,
Os lagos dos céus guardam-me como prisioneiro,
Uma célula onde a luz banha,
Eu não sou mais um homem aqui, sou um anjo aqui.

Desde 1000 anos olho o seu rosto,
Estas lágrimas de gelo são agora os deles,
O amor proibido que levo pra esta mulher,
Me fez doravante prisioneiro das trevas.

Não sou mais hoje um anjo triste,
Único,amor da mãe da humanidade,
Como compreendê-lo na pureza da minha alma,
Mas como lamentar um amor tão profundo para esta mulher.

Transversalmente as brumas percebi,
E o rosto da morte sobre o meu ombro,
Transversalmente as terras vi os meus funerais,
E o meu corpo descansar-se em tristes solos.
fuente: musica.com

Letra añadida por: gabrielcandiavela (#8.887)

Dark Sanctuary
Valora la calidad de la letra

Compartir 'De Lumière Et D'obscurité en portugues'

compartir en facebook
compartir en google plus
compartir en twitter
Enviar letra a un mail
Imprimir letra
ir a arriba