DOR

Mestre Toni Vargas

Letra de la canción

Meu bisavô me falou
Que no tempo da escravidão
Era dor muita dor tanta dor
Morriam de dor os negro meus irmãos

Dor, dor, dor

O sangue jorra no chicote do feitor

O negro morre de saudade sem amor

Dona isabel sua lei não adiantou

O negro morre de paris a salvador

O sangue jorra na caneta do doutor
mucho agradecimiento a votasgu el cangri
por escribir mis canciones
A raça negra não nasceu para ter senhor

Minha alma é livre o berimbau me libertou
fuente: musica.com

Letra añadida por: votasgu (#955)

Mestre Toni Vargas
Valora la calidad de la letra

Compartir 'Dor'

compartir en facebook
compartir en google plus
compartir en twitter
Enviar letra a un mail
Imprimir letra
ir a arriba