DISTANTE CALMA

Pedro Mariano

Letra de la canción

No giro do planeta eu me encontro só
procurando a estrela dos perdidos
pois acredito em sonhos, não em pedras

entre velhos, pobres e vencidos
ainda resta esperança e mágica
que fala pelos olhos dos aflitos

que venha a luz das estrelas
que venham sonhos da distante calma
dos campos celestiais sobre nós

um homem em pedaços hoje adormeceu
suportando a séculos de dor
mas acredito em sonhos, não no tempo
atravessado pela flamejante estrela
pois é preciso aliviar a culpa
e espalhar as cinzas pelo vento

que venha a luz das estrelas
que venham sonhos da distante calma
dos campos celestiais sobre nós
fuente: musica.com

Letra añadida por: votasgu (#955)

Pedro Mariano
Valora la calidad de la letra

Compartir 'Distante Calma'

compartir en facebook
compartir en google plus
compartir en twitter
Enviar letra a un mail
Imprimir letra
ir a arriba