SINCERO BREU

Os Paralamas do Sucesso

Letra de la canción

Dia sem graça
Sincero breu
Vira, disfarça
Lá venho eu
Pisando em faca
Virado em rei
Diz com que cara
Eu levantei
Cadê a tampa da pasta de dentes?
Minhas chaves, onde eu deixei?
O espelho me olha impaciente
Eu ia me encontrar e me atrasei
O sol me aparece de repente
Sem eu perceber, amanheceu
Traz a conta, chama o gerente
Diz que este outro aqui sou eu

De madrugada
Fila pro céu
Se ficar em casa
Não vejo Deus
Síria, Croácia, mundo judeu
Perdi o mapa
Sincero breu
Cadê a foto daquela malvada?
Nessa casa eu já não piso mais
Essa janela já estava quebrada
Meus acessos temperamentais
Cadê a tampa da pasta de dentes?
Sem eu perceber, anoiteceu
O sol me apareceu de repente
Diz que esse outro ali sou eu
eeeuu....
fuente: musica.com

Letra añadida por: Rog3r (#5.936)

Os Paralamas do Sucesso
Valora la calidad de la letra

Compartir 'Sincero Breu'

compartir en facebook
compartir en google plus
compartir en twitter
Enviar letra a un mail
Imprimir letra
ir a arriba