MARIPOSAS EN PORTUGUES

Victor y Leo

Letra de la canción

Hoje eu sinto que o tempo
já não passa
diz que não sabe de nada
amar como

Era tudo tão bonito
Eu roubo ao infinito
quase
borboletas em um jardim

Agora você voltar
e confundir o que sempre
Eu encontrei também
dividido entre dois mundos
Eu estou amando, mas ainda não sei quem

Não quero dizer
que mudança
mas nada permaneceu o mesmo
uma noite que procuramos
e no final tudo está errado
como o seu
quero tentar
se este termo e
borboletas sempre voltar
Seu jardim sempre me

Hoje eu sinto que o tempo
já não passa
diz que não sabe de nada
amar como

Era tudo tão bonito
Eu roubo ao infinito
quase
borboletas em um jardim

Agora você voltar
e confundir o que sempre
Eu encontrei também
dividido entre dois mundos
Eu estou amando, mas ainda não sei quem

Não quero dizer
que mudança
mas nada permaneceu o mesmo
uma noite que procuramos
e no final tudo está errado
como o seu
quero tentar
se este termo e
borboletas sempre voltar
Seu jardim sempre me

Não quero dizer
que mudança
mas nada permaneceu o mesmo
uma noite que procuramos
e no final tudo está errado
como o seu
quero tentar
se este termo e
borboletas sempre voltar
Seu jardim sempre me

sempre voltar
Seu jardim sempre me
fuente: musica.com

Letra añadida por: Bel_16

Victor y Leo

Compartir 'Mariposas en portugues'

compartir en facebook
compartir en google plus
compartir en twitter
Enviar letra a un mail
Imprimir letra
ir a arriba