CAI NA REAL / NÃO OLHE ASSIM

Michel Teló

Me envenena com seus beijos e caricias,
Me envenena pra depois vim me dizer
Que esse caso de amor é impossível
Não me ama e só quer sentir prazer,
Nada mais, nada mais,
Sou apenas um ombro amigo,
Um amante em sua cama,
Nada mais.
E depois chora,
Suas palavras desabando em um segundo,
Tantas mentiras,
Solidão é o nosso mundo.
Transas vazias,
Sem sentido e sem amor,
Cai na real, cai na real,
Daqui a pouco eu visto a roupa e vou embora,
Pra nunca mais te procurar essa é a hora,
O meu coração já não suporta o mesmo mal.
Tire os seus olhos dos meus,
Eu não quero me apaixonar,
Ficou em mim um adeus,
E deixou esse medo de amar.
Eu já amei uma vez e senti
A força de uma paixão,
A gente às vezes se entrega de mais
Esquece de ouvir a razão.
Refrão
Não olhe assim não,
Você é linda de mais,
Tem tudo aquilo que um homem procura
Em uma mulher.
Não olhe assim não,
Porque até sou capaz
De atender esse meu coração
Que só diz que te quer.
fuente: musica.com

Michel Teló

Ficha de la Canción

Título:
CAI NA REAL / NÃO OLHE ASSIM

Grupo/Cantante:
MICHEL TELÓ

Letra añadida por:
dahianagau

Valora la calidad de la letra

Compartir Letra

compartir en facebook
compartir en google plus
compartir en twitter

Enviar la letra 'Cai na real / Não olhe assim' por email

Imprimir la letra 'Cai na real / Não olhe assim' de Michel Teló

ir a arriba