ENCHENTES DE CARINHO

Finquei esporas por estradas como um louco
Para matar a minha sede de te ver
Sem me dar conta nesta rude cavalgada
Que esta saudade no meu flete ia doer
Sem reclamar cruzou banhados de suor
Cortou atalhos para encurtar nosso caminho
Por entender que no depois desta jornada
Nós dois teríamos enchentes de carinho
Porque saudades são açudes ressequidos
Que estiagens de carinhos nos legaram
E os carinhos são enchentes de alegria
Que uma porção de corações já inundaram
fuente: musica.com

Ficha de la Canción

Título:
ENCHENTES DE CARINHO

Grupo/Cantante:
GAROTOS DE OURO

Letra añadida por:
MasterCapo

Top Letras de Garotos de Ouro

1. Letra de A.m.m.m
2. Letra de Bebe Leite Quem Não Guenta
3. Letra de Bugio do Velho Duca
4. Letra de Chinelada
5. Letra de Fandango no Orelhano
6. Letra de Festança dos Medeiros
7. Letra de No Barulho do Meu Relho (Lek Lek Gaúcho)
Ver todas las letras de Garotos de Ouro