VENCENDO EU APRENDI letra 1KILO

Vencendo Eu Aprendi Letra y Canción

1Kilo

Añadir a Favoritas

Guardar en Playlist

VENCENDO EU APRENDI es una canción de 1Kilo que se estrenó el , este tema está incluido dentro del disco Poucos Vão Entender Vol. 1.

LETRA

'Vencendo Eu Aprendi'

Vencendo eu aprendi
Sonhar com a paz enquanto fortaleço
O caos na terra antes de dormir, mas
Vencendo eu aprendi
A sonhar com a paz enquanto fortaleço
O caos na terra antes de dormir

Não há quem nos pare
Não dá, não dá
Outra dose e quase sobe a mente
Quatro e quinze e eu sinto que aos vinte
Eu já vou ter vivência pra um milênio
Deixo que queimem
Pólvora, sangue, gangue e sirenes
Voz aos ideais que fazem ces tremer
Nós e os mesmos vícios de sempre
Sem pena, apenas pelo cash não é
Ando entre prédios amando pecados
Matando o tédio, a mando do sonho
Marco ponto na memória dela
Vida leva, eu elevo o nível
E velo o inimigo em mais um hino de guerra
Viemos como pesadelo em sono leve
Vida breve deve ser karma de outras vidas
Armado até os dentes mato a bad em Kush e Henessy
E quem vença o melhor sempre

Passei por muitos obstáculos
Tive que ter estratégia
Nem sempre um bom soldado de batalha
Tá preparado pra guerra
Então me joguei e ninguém me segura
Nunca peidei pra viatura
Apliquei nos filha da p***
Rima elevada, bem diferente do que você escuta
Mano não tô aqui pra mostrar que sou superior
Isso quem disse foi seu produtor
Quero dinheiro no bolso
Foda se o amor, Foda se a lei
Em terra de mudo quem canta é rei
Visão policial nunca enxerguei
Matéria de 20 erros foi em prol dos 500 que eu acertei
Ninguém vai correr por mim
Então nunca vou correr por você
Pra quem pensou que já era o fim
Voltei pra surpreender
Porém daqui eu nunca saí
Isso que irrita você
O jogo sempre esteve na minha mão
Iludidos são aqueles que acham que eu nunca vou vencer

Vencendo eu aprendi
Sonhar com a paz enquanto fortaleço
O caos na terra antes de dormir, mas
Vencendo eu aprendi
A sonhar com a paz enquanto fortaleço
O caos na terra antes de dormir

Sigo sem culpa, planejo a fuga
Sem sua ajuda sensor não apita
Viúva grita, a morte não sangra
A fé só se mostra pra quem acredita
Sigo sem culpa, planejo a fuga
Sem sua ajuda sensor não apita
Viúva grita, a morte não sangra
A fé só se mostra pra quem acredita
E a cena foi forte, seu dia de sorte
Sem medo da morte num tiro eu resolvi
E a cena explode, meu dia de sorte
Sem medo da morte hoje acaba aqui

Nós já vara a madruga
Estou pelas ruas da norte
Não adianta ter ginga, flow e dinheiro
Aqui tu tem que ter sorte
Meu carro foi tu que me deu?
Minha casa foi tu que me deu?
Aprendi que dormir com dinheiro
Tu dorme sem paz, tu dorme sem Deus
Já não sei mais quem sou eu...
Não sei mais quem sou eu...
Não sei mais quem sou eu...
Não sei mais quem sou eu...

Vencendo eu aprendi
Sonhar com a paz enquanto fortaleço
O caos na terra antes de dormir, mas
Vencendo eu aprendi
A sonhar com a paz enquanto fortaleço
O caos na terra antes de dormir