Milton Nascimento

LETRA 'BARIDJUMOKÓ'

Trancados na noite, milênios afora
Forçamos agora
As portas do dia
Faremos um povo de igual rebeldia
Faremos um povo de bantus iguais
Na só Casa Grande do Pai

Os Negros da África
Os Afros da América
Os Negros do Mundo
Na aliança com todos os Povos da Terra