Imagen de la canción 'De um Modo geral'

De um Modo geral

Milton Nascimento

LETRA

Alinear a la izquierdaAlinear al centroLetra más grandeLetra más pequeña

Como te conheço
Esquece esta conversa de locura sã
Te pego na primeira volta do cometa
Que sai desses olhos a dizer 'eu quero, quero, quero'

Pensas disfraçar a sensualidade que nasce daí
Brotou ao mesmo instante da tua chegada
Só engana a quem nunca sábe de nada

Coração de fogo
Nenhuma grande vai prender
Teu sentimento, a jóia do momento
Nossas almas lentas, um próprio amanhecer
Coração de ouro
Nem teu siléncio vai conhecer, vai não
Essa inquietude, essa vida
Essa música escondida
Doida de explosão

Olho de criança é
Festa de esperança, mundo a renascer
Não cabe o sofrimento de novos messias
Anuncia a vida, alimenta a sorte, sorte, o sol

Dói, mas carece acontecer
Em cada segundo, a porta deste mundo
Ver nessa beleza a cor do sim

Ser, de dentro e de fora
O que a paixão
Pensa que devora
Mas que só o amor pode entender
Teu jogo de cintura vai dizer

Todo mundo espera acontecer
O que esse amor tem pra contar
Harmoniza o coro, o maior tesouro
Só pode ter futuro se cantar

A minha mão diz sim
Teu medo quer que não
Acaba com isso
Esse compromisso
Que é meu, que é teu, que é nosso
E de qualquer país

fuente: musica.com disquito - musica.com

Compartir la letra 'De um Modo geral'

Buscar canciones
X
ir a arriba