1Kilo

Infinito

1Kilo ft. Fernanda Correa

LETRA

Alinear a la izquierdaAlinear al centroLetra más grandeLetra más pequeñaVer video

Eu sei aonde piso, ela quer o infinito, eu sei
Me pede pra viver o que nunca viveu
Sabor do proibido, eu sou seu artifício
E acende a chama do que nunca morreu
Eu sei aonde piso, ela quer o infinito, eu sei
Me pede pra viver o que nunca viveu
Sabor do proibido, eu sou seu artifício
E acende a chama do que nunca morreu

Caminhando só, vivendo perigosamente
De salto alto ou tênis nike sai da frente
Você não esquece eu não saio da sua mente
Ultimamente o que que cê sente por mim?
Pela aventura eu sei que sempre tá afim, e não pensa no fim
Sabe que eu te quero bem
Sabe que eu te quero, vem
Sabe que eu te espero sempre
Com esse jeito errado de me fazer bem
Tu sabe que tudo que eu sou é quase tudo que eu sei
Um infinito e o vazio de quem já amou, sabe já me machuquei
Quem nunca se machucou?
Lembro do quanto eu pensei, penso que eu também errei
Já não importa quem errou, mas eu te falei
E eu já cansei de falar, seja livre como um rei
Sei que você gosta de viver assim também, hein
Mas vamos combinar, quando você vem
Você é meu e eu sou sua e de mais ninguém

Eu sei aonde piso, ela quer o infinito, eu sei
Me pede pra viver o que nunca viveu
Sabor do proibido, eu sou seu artifício
E acende a chama do que nunca morreu
Eu sei aonde piso, ela quer o infinito, eu sei
Me pede pra viver o que nunca viveu
Sabor do proibido, eu sou seu artifício
E acende a chama do que nunca morreu

Eu e ela grana e nossa vida louca
Apostando no amor, gosto do infinito na boca
Quero provar seu corpo, vem e acende o fogo
Hoje é no style, som alto no carro
Me deixa louco dizendo o quanto me quer
Me beija já que o tempo é ouro
Mulher nosso ritmo é outro
Blunt de kush no ar
Precisando ir mesmo quando quer ficar
Drink no copo borrando seu blush
Propostas que não da pra recusar
Dispensa a conversa, fecha a porta e vem cá
Que essa noite eu te quero sem a roupa
Infinito é o que eu sinto com ela em cima de mim
Enquanto fica rouca
Nada mudou mas nossa vibe é outra
Criminal classe, morena de olho claro me seduz no tato
Quer o bem pra mim e eu quero te dar o mundo
Esquecendo o fim ela faz valer cada segundo
Bem assim, fala baixinho no ouvido
Vamos fugir juntos

E eu já cansei de falar, seja livre como um rei
Sei que você gosta de viver assim também, hein
Mas vamos combinar, quando você vem
Você é meu e eu sou sua e de mais ninguém

Eu sei aonde piso, ela quer o infinito, eu sei
Me pede pra viver o que nunca viveu
Sabor do proibido, eu sou seu artifício
E acende a chama do que nunca morreu
Eu sei aonde piso, ela quer o infinito, eu sei
Me pede pra viver o que nunca viveu
Sabor do proibido, eu sou seu artifício
E acende a chama do que nunca morreu

fuente: musica.com disquito - musica.com

Compartir la letra 'Infinito'

Buscar canciones
X
Autoplay
Ver video
ir a arriba