MILAGRES / MISÉRIA

Adriana Calcanhotto

Nossas armas estão na rua
é um milagre
elas não matam ninguém
a fome está em toda parte
mas a gente come
levando a vida na arte
miséria é miséria em qualquer canto
riquezas são diferentes
índio mulato preto branco
miséria é miséria em qualquer canto
todos sabem usar os dentes
riquezas são diferentes
ninguém sabe falar esperanto
miséria é miséria em qualquer canto
riquezas são diferentes
miséria é miséria em qualquer canto
a morte não causa mais espanto
o sol não causa mais espanto
miséria é miséria em qualquer canto
riquezas são diferentes
cores raças castas crenças
riquezas são diferentes
as crianças brincam
com a violência
nesse cinema sem tela
que passa na cidade
que tempo mais vagabundo
esse agora
que escolheram pra gente viver?


fuente: musica.com

Adriana Calcanhotto

Ficha de la Canción

Título:
MILAGRES / MISÉRIA

Grupo/Cantante:
ADRIANA CALCANHOTTO

Valora la calidad de la letra

Compartir Letra

compartir en facebook
compartir en google plus
compartir en twitter

Enviar la letra 'Milagres / Miséria' por email

Imprimir la letra 'Milagres / Miséria' de Adriana Calcanhotto

ir a arriba