SAMBA PARA VINÍCIUS

Toquinho

Letra de la canción

Poeta, meu poeta camarada.
poeta da pesada,
do pagode e do perdão.
perdoa essa canção improvisada
em tua inspiração.
de todo o coração,
da moça e do violão,
do fundo.
Poeta, meu poeta vagabundo.
quem dera todo mundo
fosse assim feito você.
que a vida não gosta de esperar,
a vida é pra valer,
a vida é pra levar,
vinícius, velho, saravá.
Poeta, poetinha vagabundo.
virado, viramundo,
vira e mexe, paga e vê.
que a vida não gosta de esperar,
a vida é pra valer,
a vida é pra levar,
vinícius, velho, saravá.


fuente: musica.com

Toquinho
Valora la calidad de la letra

Compartir 'Samba Para Vinícius'

compartir en facebook
compartir en google plus
compartir en twitter
Enviar letra a un mail
Imprimir letra
ir a arriba