AULA

Cazuza


Era assim
O homem que me ensinava a natureza
Eu ia em suas costas menino
Sentia o suor quente em suas costas
E uma alegria sem sentido

Depois veia a mata grossa
Onde a morte brincava de perigo
Éramos nós dois e uma trilha no mato
E a tal floresta que não era
Me ensinou o nome dos pássaros
E o impossível do vôo
Depois veio a praia sem segredos
E um poema que veio na hora

Era assim:
O homem me ensinava a natureza
Da mulher e do que ela espera:
Um homem que a proteja
E pague seu amor

Um homem que a maltrate
E viva do seu amor
Um homem simplesmente
Que lhe inche a barriga

E que a mulher é o demônio
Disfarçado de anjo
E que é preciso tomar muito cuidado
Porque são belas dissimuladas

Falou dos homens com são ingênuos
Com suas brincadeiras de guerra
De como são a massa crua
E a mulher a folheada

Era assim:
O homem me ensinava a natureza
fuente: musica.com

Cazuza

Ficha de la Canción

Título:
AULA

Grupo/Cantante:
CAZUZA

Letra añadida por:
carlos_t

Valora la calidad de la letra

Compartir Letra

compartir en facebook
compartir en google plus
compartir en twitter

Enviar la letra 'Aula' por email

Imprimir la letra 'Aula' de Cazuza

ir a arriba