COBRA

Rita Lee

Sou cheia de razão quando minto
Não creia ser eu quem pensas que sou
Acredito na alegria que não sinto
Odeio o amor que alguém te causou

Estou por trás do teu grande medo
Quando a vida não tem explicação
Te seduzo à tentação de um desejo
Para gozar na tua insatisfação

Mas se quiseres tuas contas acertar
Pra ficar livre de minha maldade
Cobra de mim o que me tens a pagar
E eu te darei o fim da eternidade

Mas se meu poderoso veneno
For antídoto pra felicidade
Com os deuses eu te condeno
A morrer preso a tua falsa liberdade

Não me cobre ser existente
Cobra de mim que sou serpente
fuente: musica.com

Rita Lee

Ficha de la Canción

Título:
COBRA

Grupo/Cantante:
RITA LEE

Letra añadida por:
El Heredero

Letra escrita por:
RITA CARVALHO,RITA LEE JONES CARVALHO,RITA LEE JONES DE CARVALHO,ROBERTO ZENOBIO AFFONSO DE CARVALHO

Letra publicada por:
WARNER/CHAPPELL MUSIC, INC.

Licencia:
LyricFind

Valora la calidad de la letra

Compartir Letra

compartir en facebook
compartir en google plus
compartir en twitter

Enviar la letra 'Cobra' por email

Imprimir la letra 'Cobra' de Rita Lee

ir a arriba