JOÃO NINGUÉM

Rita Lee

João Ninguém virou um homem
Poderoso pra chuchu
Limousines, banquetes mil
Rodeados de urubu

João Ninguém é gente de bem
Cheio de puxa-saquice
Ai daquele pobre diabo
Que subiu no palco e disse:
-"Rei pé-de-chinelo
Até parece que o sangue é azul!"

João Ninguém é dono da aldeia
Quem bobeou, dançou
Desconfia até da mãe
Quanto mais do tataravô

João Ninguém não perde um vintém
Nouveau riche quatrocentão
Sem talento pra ser feliz
Milionário por vocação

Então eu digo que ele é um
Rei pé-de-chinelo
Até parece que o sangue é azul!

Quanto mais tem mais quer!
Quanto mais tem mais quer!
fuente: musica.com

Rita Lee

Ficha de la Canción

Título:
JOÃO NINGUÉM

Grupo/Cantante:
RITA LEE

Letra añadida por:
El Heredero

Letra escrita por:
RITA CARVALHO,RITA LEE JONES DE CARVALHO,ROBERTO ZENOBIO AFFONSO DE CARVALHO

Letra publicada por:
WARNER/CHAPPELL MUSIC, INC.

Licencia:
LyricFind

Valora la calidad de la letra

Compartir Letra

compartir en facebook
compartir en google plus
compartir en twitter

Enviar la letra 'João Ninguém' por email

Imprimir la letra 'João Ninguém' de Rita Lee

ir a arriba