CLANDESTINO

Tihuana

Vou só com a minha pena da lei que me condena
Correr é o meu destino para fugir da lei
Perdido no coração dessa grande babilônia
Me chamam clandestino sem nome no papel
Numa cidade ao norte e fui trabalhar
O meu amor deixei entre Celta e Gibraltar
Sou uma raia no mar, fantasma na cidade
Me chamam clandestino, yo soy fora da lei

Brasileiro, clandestino
Mano Chao, clandestino
Americano, soy latino
Marijuana, ilegal

Vou só com a minha pena da lei que me condena
Correr é o meu destino para fugir da lei
Perdido no coração dessa grande babilônia
Me chamam clandestino sem nome no papel

Brasileiro, clandestino
Cabeludo, clandestino
Tatuado, clandestino
Marijuana, ilegal
fuente: musica.com

Tihuana

Ficha de la Canción

Título:
CLANDESTINO

Grupo/Cantante:
TIHUANA

Letra añadida por:
Duarttuk

Valora la calidad de la letra

Compartir Letra

compartir en facebook
compartir en google plus
compartir en twitter

Enviar la letra 'Clandestino' por email

Imprimir la letra 'Clandestino' de Tihuana

ir a arriba