MUSICA.COM > F > Letras de Fagner > Letra Borbulhas De Amor

BORBULHAS DE AMOR

Tenho um coração
dividido entre a esperança e a razão
tenho um coração
bem melhor que não tivera
Esse coração
não consegue se conter ao ouvir tua voz
pobre coração
sempre escravo da ternura
Quem dera ser um peixe
para em teu límpido aquário mergulhar
fazer borbulhas de amor pra te encantar
passar a noite em claro
dentro de ti
Um peixe
para enfeitar de corais tua cintura
fazer silhuetas de amor à luz da lua
saciar esta loucura
dentro de ti
Canta, coração
que esta alma necessita de ilusão
sonha, coração
não te enchas de amargura
Esse coração
não consegue se conter ao ouvir tua voz
pobre coração
sempre escravo da ternura
Uma noite
para unir-nos até o fim
cara a cara, beijo a beijo
e viver para sempre
dentro de ti


fuente: musica.com

Fagner

BORBULHAS DE AMOR

LETRAS DE FAGNER
Añadir letra de Fagner
Enviar la letra de Borbulhas De Amor por email
Imprimir la letra Borbulhas De Amor de Fagner

Top Letras de Fagner

1. Letra de Borbulhas De Amor
2. Letra de Súplica Cearense
3. Letra de Jura Secreta
4. Letra de Deslizes
5. Letra de Lembrança De Um Beijo
6. Letra de Canteiros
7. Letra de Guerreiro Menino (um Homem Também Chora)
Ver todas las letras de Fagner
Fagner
Letras de Fagner
Letras
Vídeos de Fagner
Vídeos
Fotos de Fagner
Fotos
Biografía de Fagner
Biografía
Foro de Fagner
Foro
Club de Fans de Fagner
Fans
Ranking de Fagner
Ranking
Letras de Canciones

1. Te Boté (Bad Bunny)
2. El Color De Tus Ojos (Banda MS)
3. No Hay Nadie Más (Sebastián Yatra)
4. Te Gusté (Bad Bunny)
5. Mala Mía (Maluma)

Novedades

Adán y Eva (Paulo Londra)
Bubalu (Anuel AA)
Bonnie & Clyde (Cosculluela)
Sola (Manuel Turizo)
Ellas Soy Yo (Gloria Trevi)

Musica.com

musica.com en facebook
musica.com en twitter
musica.com en google plus

Links Interesantes

Letras licenciadas por LyricFind

Lyrics licensed by LyricFind

Letras: 985.554 - Vídeos Musicales: 22.905 - Fotos: 75.225

Ayuda .. Publicidad .. Política de Privacidad .. Política de Cookies .. Versión Móvil

ir a arriba