POEMA DOS OLHOS DA AMADA

Jean William

Letra de la canción

Ó minha amada
Que olhos os teus
São cais noturnos
Cheios de adeus
São docas mansas
Trilhando luzes
Que brilham longe
Longe nos breus

Ó minha amada
Que olhos os teus
Quanto mistério
Nos olhos teus
Quantos saveiros
Quantos navios
Quantos naufrágios
Nos olhos teus

Ó minha amada
De olhos ateus
Quem dera um dia
Quisesse Deus
Que visse um dia
O olhar mendigo
Da poesia
Nos olhos teus

Ó minha amada
Que olhos os teus
fuente: musica.com

Letra añadida por: ApoloD (#587)

Jean William
Valora la calidad de la letra

Compartir 'Poema Dos Olhos da Amada'

compartir en facebook
compartir en google plus
compartir en twitter
Enviar letra a un mail
Imprimir letra
ir a arriba