Brigitte Bardot del álbum 'Líricas'

Brigitte Bardot

Zeca Baleiro

La canción 'Brigitte Bardot' se estrenó en 2000. Este tema está incluido dentro del disco Líricas

LETRA

A saudade
É um trem de metrô
Subterrâneo obscuro
Escuro claro
É um trem de metrô
A saudade
É prego parafuso
Quanto mais aperta
Tanto mais difícil arrancar
A saudade
É um filme sem cor
Que meu coração quer ver colorido

A saudade
É um trem de metrô
Subterrâneo obscuro
Escuro claro
É um trem de metrô
A saudade
É prego parafuso
Quanto mais aperta
Tanto mais difícil arrancar
A saudade
É um filme sem cor
Que meu coração quer ver colorido

A saudade
É uma colcha velha
Que cobriu um dia
Numa noite fria
Nosso amor em brasa
A saudade
É brigitte bardot
Acenando com a mão
Num filme muito antigo

A saudade vem chegando
A tristeza me acompanha!
Só porque... só porque...
O meu amor morreu
Na virada da montanha
O meu amor morreu
Na virada da montanha
E quem passa na cidade
Vê no alto
A casa de sapé
Ainda...
A trepadeira no carramanchão
Amor-perfeito pelo chão
Em quantidade...

Más abajo encontrarás canciones relacionadas con Brigitte Bardot.
disquito - musica.com

Puntuar 'Brigitte Bardot'

¿Qué te parece esta canción?

-
0 votos

* Gracias a lirycker por haber añadido esta letra el 6/7/2017.

Comentar Letra

Comenta o pregunta lo que desees sobre Zeca Baleiro o 'Brigitte Bardot'

Comentar

Compartir esta letra en...