ALMA DE PIPA

Disse que tudo mudou
Que o rolê todo mudou
Disse que agora mudou
Que é outro mundo e mudou

Agora ela tem alma de pipa avoada
E coração de Marguerita gelada
Corpo de patrícia, mente da quebrada
Um dia foi amada mas não adiantou nada

Descreve ser feliz, mas com outro gosto
A melhor maquiagem é o sorriso no rosto
E ela vai com o seu jeito,que ninguém entende
Mas deseja tê-la, mas almeja tê-la

Exibe esse batom, vem cá! Deixa eu ver
Que eu vou aumentar esse som, e deixa te envolver
Ela namora a lucidez, e mais uma vez
Tá louca na rua, tá solta na rua e sem nome

Sem endereço e sem telefone
Sem sono, sem compromisso
E amanhã é mais um dia de combo
Tudo mudou, ela disse que coração não tem dono
E te deixar triste é preciso bem mais que abandono
Por que?

Agora ela tem alma de pipa avoada
E coração de Marguerita gelada
Corpo de patrícia, mente da quebrada
Um dia foi amada mas não adiantou nada

Descreve ser feliz, mas com outro gosto
A melhor maquiagem e um sorriso no rosto
E ela vai com o seu jeito,que ninguém entende
Mas deseja tê-la, mas almeja tê-la

Uoô
No celular retocando o batom
Vendo mensagens que acabou de ler
Uoô
Pegou uísque e foi sem direção com aquele jeito, que ela sabe ter
E prefere ficar só, mas não sem ninguém
Disse que o amor já foi melhor
Hoje melhor é viver bem

Agora ela tem alma de pipa avoada
E coração de Marguerita gelada
Corpo de patrícia, mente da quebrada
Um dia foi amada mas não adiantou nada
Descreve ser feliz, mas com outro gosto

A melhor maquiagem e o sorriso no rosto
E ela vai com o seu jeito,que ninguém entende
Mas deseja tê-la, mais almeja tê-la
Agora ela tem alma de pipa avoada!
fuente: musica.com

Tribo da Periferia

Ficha de la Canción

Título:
ALMA DE PIPA

Grupo/Cantante:
TRIBO DA PERIFERIA

Letra añadida por:
Hawli

Top Letras de Tribo da Periferia

1. Letra de Imprevisível
2. Letra de Pirata de Esquina
3. Letra de Nem Foi Combinado
4. Letra de Doce da Alma
5. Letra de Alma de Pipa
6. Letra de Perdidos em Narnia (ft. Dan Lellis)
7. Letra de A Lua e Nós
Ver todas las letras de Tribo da Periferia