Disquito sustituye a Mesa

Estrela Carente

Mesa

LETRA

alineación izquierdaalineación centrofuente mayorfuente menor

Ainda não chegou cá nada
Por postal ou por correio verde
Ainda não provei nada
Mas fico enjoar só de pensar

Eu não sou de cá
Apareci mesmo agora
Venho só aproveitar o sol
E logo, logo ja vou embora

Mas ai vem a espada agitada no ar lamina de ponta fina pronta a furar
Pronta a furar

É que eu
Faço de conta que não é comigo
Que não sinto nada mas estou
A transpirar
A tranpirar

Tenho direito á preguiça
E a preguiça vem me apoiar

O grilo é a consciência
Que sabe do que não pode falar
É mais do que de muitas pessoas
Se pode esperar

E quando a noite chega
Acendo o lume e fico a ver
Cair as estrelas porque estão carentes
Tal e qual as da televisão
Todas elas têm uma função
Tal e qual as da televisão

Mas ai vem a espada agitada no ar lamina de ponta fina pronta a furar
Pronta a furar

É que eu
Faço de conta que não é comigo
Que não sinto nada mas estou
A transpirar
A transpirar
A transpirar
A transpirar

fuente: musica.com disquito - musica.com

Compartir la letra 'Estrela Carente'

ir a arriba