DJ Caique

A Tua Dor

DJ Caique

LETRA

Alinear a la izquierdaAlinear al centroLetra más grandeLetra más pequeña

Eu choro quando vejo a dimensão do teu sacríficio
Esse ofício de seres perfeita que não passa de um suplício
Se não fosses tão forte estarias acamada num hospício
Hoje eu sei bem o quão dificil ser mulher
Ninguém quer saber o que insunuas o porque amuas
És só um objectivo não querem saber das tuas luas
Mulheres só valem nuas
É o que dizem as mentes turvas
Podes mostras mais, mas eles só veem as tuas curvas
Quando ele estava indigente foste tu que o tiraste da lama
Quando ele estava doente foste a mãe e foste a ama
Quando ele estava descrente foste o apoio foste a mana
Hoje ele não te ama porque tens mais 5 quilogramas
Epidemia de opiniões sobre a tua fisionomia
Vi-te nessa asfixia, já perto de chegares ao limite
Querias a utopia do mundo onde podias ser poesia
Eles estão preocupados com as tuas estrias e celulite
Só querias que sentissem a tua essência
Que te ouvissem, te abraçassem, contemplassem a tua inteligência
Que sentissem que tudo o que sai da tua alma é transcendência
Que não fosse tudo estética, cosmética e aparência

Eu sinto o ardor
Esse teu pavor
Eu sinto a tua dor
Mana eu sinto
Eu sinto o ardor
Esse teu pavor
Eu sinto a tua dor
Mana eu sinto

Um universo tão complexo existe dentro de você
Força motriz da humanidade não é coisa qualquer
Machismo é cruz que se carrega neste mundo
(???)
Com toda a força amou
O príncipe do início hoje é seu agressor
Já não se enxerga porque é invisível
Inferiorizada por um ser desprezível
Sem referência de beleza preta é estereotipada
Na TV a suburbana hiper-sexualizada
Racismo e machismo são filhos da ignorância
É oprimida por ambas até em grupos de militância
Intimidade uma filmagem o covarde é o motivo
Pra ser cruxificada e exposta no aplicativo
O animal que não se controla ainda te acusa
Justificando o extrupo pela roupa que 'ce usa

[Hook: Dino]

Nem sabe a vítima
(???)
Frente ao espelho chora
Pois não se acha bela
Carrega a culpa cega
Esconde o interior
Pois o sexo oposto maqueia todo o valor
Além de feminina
... desperta e ágil
Para a mente masculina
Apenas um corpo frágil
Permitido aos olhos, (???) seguem-na na praia
Os mesmos medem carácter pelo tamanho da saia
Cobaia do machismo
(???)
Sentem-se diminuídos ao ver o mundo mudar
Aguenta tudo isso e ao homem deu à luz
Cumprido os dois papéis porque o fraco não fez jus
Escolher com quem deita
Não a faz menos dama
Você não a respeita por ser com quem não ama
Condena de profana, a quem sempre foi o profano
Controlam-se bonecas, mulher um ser humano


Mana eu sinto (x4)
Esse ardor..

fuente: musica.com disquito - musica.com

Compartir la letra 'A Tua Dor'

Buscar canciones
X
ir a arriba