Imagen de la canción 'Preciso Dizer'

Preciso Dizer

DJ Caique

LETRA

Alinear a la izquierdaAlinear al centroLetra más grandeLetra más pequeña

Dê boa noite pra quem for de boa noite
Dê bom dia pra quem for de bom dia
Desde menorzin , rataria da lapa, cria do jardim bangú e a malandragem me guia (2x)

Verso 1:
O anjo caído, deve ter transado com algum demônio perdido
Sem usar preservativo
E eu nasci com esse meu jeito abusivo
Com essas letras sinistra e com esse free possuído
Eu brinco muito , eu falo muita merda na letra
Mas meu muito papo reto é que eu sou muito alternativo
Eu tô alterando a minha forma de viver
Mas até o final da minha vida eu vou falar sobre o que eu vivo
É que eles cantam com a boca eu canto com a espiritualidade
É por isso que eu tô entre o mais foda da atualidade
Além de tudo eu sou o terror dos frustrado
E só acha que é mentira quem não aceita a verdade
Pode perder tempo fazendo indireta
Eu sou maluco e debochado mas não vou te responder
Ces se acham malandro mas nunca vão ser
Até porque malandro é aquele cara que sabe viver
Não espere receber pra doar
Nessa vida primeiro se doa pra depois receber
Pra vingar basta ter nascido pra isso
Fala sobre o que vive e não sobre o que quer viver
Larguei tudo pra viver de rap
E se eu não vivesse de rap eu nem ia sobreviver
Me falaram que essa porra é meu destino
E que tem gente que precisa ouvir o que eu preciso dizer

Refrão:
É que tem gente que precisa ouvir o que eu preciso dizer...(3x)
É que tem gente que precisa irmão

Verso 2:
Hoje eu vou salvar a vida do mundão
Falar do que eu passei, falar de depressão
Falar dessa pressão que o mundo joga sobre a gente
Falar de obrigação, falar da repressão
Falar dessa maldade, dizer que eu odeio a humanidade
Dizer que você não vale porra nenhuma
Mermo isso não sendo novidade
Mermo isso não sendo novidade
A madrugada só me faz lembrar
De coisas que eu deveria esquecer
Eu tentei largar essa porra várias vezes
Mas não tem como fugir do que tu nasceu pra fazer
Eu falo tanto sobre a vida
Me esqueço de falar do amor, que vai muito além da vida
Eu cortei o amor com o álcool da bebida
É que o amor me fudeu muito nessa vida
É que toda vez eu erro
Toda vez que eu amo eu me ferro
Coração de ferro
A quarenta doido pra da berro
Os meus inimigo enterro , jogo fogo em cima e encerro
Mato o medo e mato a dor
Mato mc's que finge que é bandido e geral sabe que é k.o
Ces tudo tem flow de palhaço de circo
Eu tenho flow de serial killer, pedrinho matador

É que toda vez eu erro
Toda vez eu erro
Toda vez eu erro irmão...

fuente: musica.com disquito - musica.com

Compartir la letra 'Preciso Dizer'

Buscar canciones
X
ir a arriba