Imagen de la canción 'Soufree'

Soufree

DJ Caique

LETRA

Alinear a la izquierdaAlinear al centroLetra más grandeLetra más pequeñaVer video

Letra de 'Soufree' com DJ Caique, Alves & Fabio Brazza

Peguei foi uma régua pra poder traçar a meta
E no primeiro traço eu já tava escrevendo
Relação parcial entre a caneta e o poeta
Cada linha que traço sigo aqui me descrevendo
Criança eu chorei por medo do céu não existir
Crescendo percebi que o inferno é real
Tristeza hoje não pode me fazer desistir
Tatuagem da vida com a agulha mais brutal
Ainda tem o ódio, a tortura, a inveja
A loucura, a maldade , arrogância o terror e a fiçura
Doenças de humanos com a mente envenenada
Meus versos são antídotos proporcionando cura
E quando era menor eu queria ter 19
Mas quando eu fiz 18 fui pensar melhor depois
Agora já não posso queimar o meu tempo atoa
E com 14 eu só pensava em não quebrar o Play 2
Eu vi que as promessas são conversas de esperança
Notei o ser humano engolindo o próprio ego
Sei que a fidelidade namorava a confiança
Quem carrega a cruz não pode ter medo do prego
Eu corro pelos meus atrás de algo
Que faça essa correria um dia valer a pena
Acerto contas com o tempo...
Ainda não tô pronto tento não ter problemas iê...
O conto e o dilema de um
Ponto e o poema clichê
A clara e a gema são como
O mal e a cena de ver
Algema e o ato prisão, e porque tão pequena visão...
É o que somos! Ser humanos de pequena visão
Indivíduos de pequena visão
Sociedade de pequena visão a verdade traz essa sensação
Somos todos de pequena visão

Quando menino eu já quis ser o Argentino Che
Nem sei dizer o que eu tanto vi no Che
Talvez o sonhador e não o assassino Che
Mas hoje eu só quero ser
Augusto de Campos, não Augusto Pinoche
Aprendi que... Nenhum ideal seja qual for
Pode se sobrepor sobre a nossa liberdade
Nunca quis ser Ariano puro
Mas Ariano Suassuna na sua mais pura autenticidade
Cresci sonhando em ser herói como Chapolin
Hoje crianças chapam sonhando em ser “El Chapo” sim
Por isso que eu não chapo, ouvidos eu não tapo
E se eu tiver que dar o papo, eu não posso deixar po fim
É meu dever e disso eu não escapo fi, não da pra escapulir
Não sou um Capo lá de Napoli, mas não engulo sapo fi
E aprendi, Ouvindo Parteum, Kamau e Paulo Napoli
Filosofia pra que a gente Kant tipo Emmanuel
Rap salva vidas merecia um Nobel
Transforma o moleque em Príncipe sem precisar ser Maquiavel
Meu Pensador foi Gabriel
Meu professor não foi Focault, mas foi Michel (Rashid)
Simples assim e nem preciso falar o street talk pra ganhar respeito
Eu faço do meu jeito e nunca precisei mudar pra ser aceito
A missão é mesmo inspirar
Pra que outro moleque faca mais bem feito
E se eu inspiro, é como resgatar alguém do ultimo suspiro
To tipo Paulo Cesar Pinheiro em cada verso que eu profiro
E ainda prefiro, ouvir som de Rap do que som de tiro
Irmão pais e professores me agradecem
Por incentivar o estudo pros moleque
Digo que um dia fui um deles
Então agradeça diretamente ao Rap

Pra chegar até aqui eu muito sofri
Mas eu fiz tanto freestyle que hoje eu sou free
Você não quis me seguir então fui sem ti
Não adianta só ouvir ce tem que sentir

fuente: musica.com disquito - musica.com

Compartir la letra 'Soufree'

Buscar canciones
X
Autoplay
Ver video
ir a arriba