Disquito sustituye a Garotos de Ouro

Mano Rodrigo

Garotos de Ouro

LETRA

Alinear a la izquierdaAlinear al centroLetra más grandeLetra más pequeñaVer video

Somos todos peregrinos
No eira boi da existência
Cada qual tem seu caminho
Pra carretear experiências
Não se evita o fim do trecho
Vai-se o homem, fica a essência
Viaja melhor com certeza
Quem deixa paz e franqueza
Semeados pela querência

Julgava estar preparado
Pros tironaços da vida
Enfrenei taulas e maulas
Coragem sempre medida
Ruim é marcar ausências
Mesmo aquelas pressentidas
Pior quando a mão do destino
Leva o talento menino
Escrafunchando feridas

É complicado Patrício
Quem souber talvez me entenda
Ninguém fica pra semente
Saudade não se remenda
A natureza é perfeita
Ciumenta igual a uma prenda
Se deu vida e serventia
Porque nos roubar a cria
Que sai melhor que a encomenda

Sempre que ouvir cordeona
Tirar ressongos de taita
Num vaneirão bem cuido
Lembrarei mágicos dedos
Que ao vento empresta segredos
E compassos macanudos
Flor colhida antes do tempo
Que prosperou do relento
Homem, guri meu amigo
Rodrigo, a vida impôs o mundéu
Mas os garotos do céu
Hão de campeirar contigo

fuente: musica.com disquito - musica.com

Compartir la letra 'Mano Rodrigo'

Buscar canciones
X
Autoplay
Ver video
ir a arriba