Mascota de musica.com

Inesperado

Adolfo

Al final de la letra podrás puntuar su calidad, comentar sobre ella, acceder a más canciones de Adolfo y a música relacionada.

LETRA

A gente não costuma falar de amor
Era só beijo, quarto, cama e tchau, já vou
Nem do seu jeito eu gostava
Seu abraço nunca me esquentou
Até dizia a gente não tem nada ver
Quem diria que isso ia acontecer
Que os amiguinhos se amavam e eu fui deixando acontecer

Sem o seu carinho eu sinto tanta falta
Sem o seu abraço eu passo tanto frio
A gente entra no quarto e não quer mais nada

Faz aquele amor que a gente nunca fez
Dá aquele beijo que dura um mês
Agora a gente só sabe falar de amor
Eu sou seu predileto e você minha flor
Todo dia eu tô querendo te encontrar
Te vejo na esquina e em qualquer lugar
A qualquer hora é só você me chamar
Que eu vou, que eu vou

Más abajo podrás valorar y comentar la canción Inesperado.
disquito - musica.com

Puntuar 'Inesperado'

¿Qué te parece esta canción?

-
0 votos

* Gracias a Veromúsica por haber añadido esta letra el 29/11/2019.

Comentar Letra

Comenta o pregunta lo que desees sobre Adolfo o 'Inesperado'

Comentarios (1)

Compartir esta letra en...