LISBOA ANTIGA

Amália Rodrigues

Letra de la canción

Lisboa, velha cidade
Cheia de encanto e beleza
Sempre a sorrir tão formosa
E no vestir sempre airosa
O branco véu da saudade
Cobre o teu rosto linda princesa

Olhai, senhores, esta Lisboa d'outras eras
Dos cinco réis, das esperas e das toiradas reais
Das festas, das seculares procissões
Dos populares pregões matinais que já não voltam mais

Lisboa, velha cidade
Cheia de encanto e beleza
Sempre a sorrir tão formosa
E no vestir sempre airosa
O branco véu da saudade
Cobre o teu rosto linda princesa

Olhai, senhores, esta Lisboa d'outras eras
Dos cinco réis, das esperas e das toiradas reais
Das festas, das seculares procissões,
Dos populares pregões matinais que já não voltam mais
fuente: musica.com

Letra añadida por: Musica.com (#16)

Amália Rodrigues
Valora la calidad de la letra

Compartir 'Lisboa Antiga'

compartir en facebook
compartir en google plus
compartir en twitter
Enviar letra a un mail
Imprimir letra
ir a arriba