THE EDGE OF PARADISE EN PORTUGUES

Kamelot

Letra de la canción

A Beira do Paraíso

Sem sono
Não de fato inteiramente acordado
Onde a alma se adapta
As necessidades mais profundas
Livre dentro desta forma de custódia
Eu revolvo meu espírito e exalo

À beira do paraíso
Veneno queimando
Em minhas veias
Inúteis... comprometidos
Meus sonhos permanecem os mesmos

Suavizante mas ainda tão violento
Neste mundo dentro de outro mundo
Luar.... em visões... providenciais
Eu vejo olhos demoníacos e asas abertas

À beira do paraíso
Veneno queimando
Em minhas veias
Inúteis... comprometidos
Meus sonhos permanecem os mesmos

A beira do paraíso
Impotente
Eu continuo a navegar
A vida se dizimando
Minha vontade de perguntar o por quê
fuente: musica.com

Letra añadida por: gabrielcandiavela (#8.887)

Kamelot
Valora la calidad de la letra

Compartir 'The Edge of Paradise en portugues'

compartir en facebook
compartir en google plus
compartir en twitter
Enviar letra a un mail
Imprimir letra
ir a arriba