GROGNation

Collina

GROGNation

LETRA

Alinear a la izquierdaAlinear al centroLetra más grandeLetra más pequeña

Lembra-te que as bombas explodem mas ficam as baratas
Que à descarada nos fodem tipo que temos cataratas
Coisas do diabo, situações maradas
Que acontecem e as pessoas nem sequer estão preparadas
1 para o vaticano e todas as coisas sagradas
2 para os dogmas e desculpas esfarrapadas
3 para as emissões dessas televisões estragadas
Que nos dão informações incompletas ou erradas
A mim não me enganam, comigo não dá, não sou assim tão tapado
Não me soa assim tão verdade tal e qual me têm contado
Mas nem metade do planeta tem notado
Como é que o planeta tem tado no meio do caos organizado
Há uma área 51 em cada decisão do estado
E há sempre um ponto em comum em cada imprecisão dado
Que barões e tubarões te baralham, diversões
Te manobram e te cobram por todas as direcções
Wikileaks, se duvida ligue-se veja por si memo
Não é cinema é assim memo e é uma cena que eu não temo
E sim eu culpo-os de jogos duplos, nunca tiveram nem vão ter escrúpulos (nem pensar)
Cada um por si, zerinho ou um, apanhada
Com a publicidade que nos tenta dar banhada
Às escondidas ou não ela está empenhada
Em chegar e deixar toda a gente apeada
Isto é uma brincadeira mas eu não vejo a piada
Porque é rir para não chorar desta conversa fiada

'Xing Xong' bem-vindos ao negócio da china
Onde ficar calado é aquilo que o dinheiro ensina
Se não vês devias tens problemas na retina
Então , chamem o .. chamem o .. chamem o COLLINA !! '

Dá pra
Ver que o mundo é controlado pela DARPA
Dá prazer porque verdade não acaba
E não te caba na cabeça já que a mentira zarpa-a
Numa procura acesa larga as armas
Isso trás azar mas alcança falsa marca e nunca alsa bom karma
Prá'lém disso causa má imagem e atrasa dharmas
Quando à farta contam mensagens nas pausas
Debaixo das minhas barbas e contam em dar-mas
Apesar da história pesar e pensar no travo suevo
Rápido reparo no trevo que trago de Atenas
Até devo a Atena por não ser assim tão bárbaro
A abraçar apenas de olho vivo o mundo escuro como tártaro
Tar te a dizer que corpo robusto
Faz de ti gladiador numa revolução sangrenta
Em parte é injusto só se derrama sangue e a dor aumenta
Evolução humana têm costume d'usar a mente como ferramenta

A realidade é deturpada até chegar aos teus olhos
É cortadas as metades, lavada, à espera que olhes
Com palas nos olhos para não veres fora da caixa
Vê fora dela porque o remetente é assinado com uma cruz suástica
Merkel, a descendente a própria cópia do bigodes
Neo-nazista nata mete a pata na Europa com boches
De gravata Portugal não escapa e papa tudo o que pode
Que venha um Salvador da Pátria e que não dê toques
Na bola, mas isto não é de agora o sururu que vêm de fora
Dar o cú a toda a hora desde o tempo do escudo
Muda o kumbo, muda o tudo mas o culpado um
És tu que te mantens mudo, cego e surdo
Zé povinho, Bovino encornado pela vaca
É mufino ligado a 74 foi a data
Agarrado ao passado isto não ata nem desata
Não é com uma mascara numa marcha de protesto
Que dás a cara...então pára e dá a cara....

'Xing Xong' bem-vindos ao negócio da china
Onde ficar calado é aquilo que o dinheiro ensina
Se não vês devias tens problemas na retina
Então , chamem o .. chamem o .. chamem o COLLINA !!

Cada rua sua abordagem vantagem por onde andei
Cada uma sabe a sua margem quando agem a margem da lei
Miragem mira mil fontes mil contos,a quem procura
Quem dura desde os contos contar os anos de secura
Faz parte da cultura comer o que eles amassam
Ditado numa ditadura que só nos embaraçam
Tudo é lucro, poder do capital que decapita todo culto
Da jeito a tua aflição e o medo de um tumulto o cumulo
Toda esta merda dá guita ate quando tas no túmulo
(PAUSA WHAAAAt??)
Normal teres religião onde impera a santidade
Da te verdade e paz divina como guerras na cidade
O teu Deus ta no Iraque crack bombas em Bagdade
Ejacula gasolina que abastece tua necessidade
Sem variedade gente que tudo controla
Ha um olho que ve tudo que controla o teu dolar
Fight, cala c like postamos no place porque
Achamos que tudo acaba com likes no facebook
Ves o que tu confias quem devias confiar
É quem chefia novos planos cobardia entre panos
É foda, cercam os manos a anos circularem canos fulanos
Forçados condenados a viver assim
Com sobras , presos por cordas dos senhores do teu pilim
Não tens que ser um Che Guevara se não tens garra pra esse fim
Fica atento a nova saga porque nada é 'mesmo assim'...

Sample: Samora Moises Machel (...) Negligência é crime
A mentira , a informação falsa, que leva a soluções erradas, é crime! (...)

'Xing Xong' bem-vindos ao negócio da china
Onde ficar calado é aquilo que o dinheiro ensina
Se não vês devias tens problemas na retina
Então , chamem o .. chamem o .. chamem o COLLINA !!

Eu sou da geração do 'ME, ME, ME'
Da luta pela atenção entra ring, 'ding ding'
Da luta pelo euro e o 'benjamin'franklin'
Vale tudo em nome do menino jesus é 'limpinho, limpinho'
Por isso ha quem mate a segunda, roube na terça, trai na quarta
Minta a quinta, os vicios são na sexta e sabado está de ressaca
Domingo levanta-se cedo, vai-se a igreja, come-se a ostia
Põe-se umas moedas na cesta, confessa-se a não há maca
Fácil nigga, difícil é prender quem tenha muita guita
A liberdade é relativa, quando a sociedade te limita
Manos com o meu perfil são bandidos ou desportistas
Rappers ou enterteiners segundo a imprensa sensacionalista
Já da pra teres uma pista e aterragem no pensamento
Se aqui o que é bom vem de fora então vai pra fora ca dentro
E ja que queres mudar, começa pla mentalidade entendes?
Não perguntes o preço certo da felicidade ao fernando mendes
Pois na tv é mais do mesmo, medo e auteridade, são o marketing
Propaganda comanda massas, 'quasi pronti', tutti quanti
E enquanto perdes tempo a estudar o triangulo dos illuminati
A skitles aumenta as vendas com a morte do trayvon martin
Por isso abre o terceiro olho, metafóricamente falando
E vê através da merda que o mundo te vai mostrando
Não acredites no hype, 'the revolution will not be televised,'
Ya vai ser online, via youtube, deepweb e skype

fuente: musica.com disquito - musica.com

Compartir la letra 'Collina'

Buscar canciones
X
ir a arriba