GROGNation

Sangue Frio na IC19

GROGNation

LETRA

Alinear a la izquierdaAlinear al centroLetra más grandeLetra más pequeña

Não adianta chorar rios sobre águas passadas
Agora sigo em frente mas já dei curvas erradas
Pois às vezes só se apreciam dias de sol quando chove
E a vida pode ser uma estrada, sangue frio na IC19

Quem não arrisca não petisca, sempre ouvi dizer isso
Por isso cresci com a vista focada na malandrice
O meu primeiro kiss foi num parque em mem martins
Sexo pela primeira vez já nem sei porque é que o fiz
Sei que a dama pediu bis, eu não dei, eu não quis
À procura em todo o lado por quem me faça feliz
Mas agora que encontrei futuro me reserva pouco
Eu com 19 e ela 16 depois de um preserva roto
As cenas que eu passei não lembram nem a um louco
Foi quando eu respirei vendo muitos num sufoco
Porque às vezes sangue frio nunca fez mal a ninguém
Ver as cenas por um fio e no fim tudo ficar bem
Não é pa quem quer, nem pa quem tem sorte
É pa quem sabe que veio ao mundo para ser forte
Por isso eu sou rijo e nada me faz mossa
Eu quero que sa foda tudo e todos que me querem ver na fossa

Não adianta chorar rios sobre águas passadas
Agora sigo em frente mas já dei curvas erradas
Pois às vezes só se apreciam dias de sol quando chove
E a vida pode ser uma estrada, sangue frio na IC19

Talvez seja da genética, deficiência
Roubar, lutar, mentir, fumar pesa-me na consciência
Muitos não têm consciência, ficam aquém
Habituados à delinquência, viver na saia da mãe
Meus amigos não têm raça, cor ou estatuto
Pa todo o que me deseja mal, sentimento mutuo
Mas um dia bro eu mudo, começo a partir tudo
Meus instintos ficaram cegos como a metade do mundo
Menos puto mais graúdo à espera de uma oportunidade
De expor o meu talento, mostrar o que faço de verdade
Mostrar que com 20 anos posso ter maturidade
Porque os danos na sociedade vêem da infantilidade
E muitos mais há de fu-fu-fu-futilidade
Quem age pelo bem comum só tem direito atrás das grades
À espera que a divindade faça justiça
Porque esta totalidade só tem olhos para a cobiça

Não adianta chorar rios sobre águas passadas
Agora sigo em frente mas já dei curvas erradas
Pois às vezes só se apreciam dias de sol quando chove
E a vida pode ser uma estrada, sangue frio na IC19

Trabalhar com um G que não curto vê-lo
Conviver com people que só tem dor de cotovelo
O que tenho fiz para merece-lo, não roubei a ninguém
E se tudo correr bem todo o respeito vou te-lo
Desde puto vi inveja, gente rancorosa
Educação religiosa, só pensava na igreja
E agora mais crescido sem rotinas imprudentes
Leal, destemido, atitudes conscientes

Ayo não deixes que a vida te dê um granda baile
Não te queixes nem deites lágrimas de crocodile
Troca o style se a vida nem sequer te corre bem
Quem não pode prevenir remedeia com o que tem
E tu tens tudo nas mãos, és astuto mas não
Percebes que és tu que controlas o teu mundo então
Auto estima pa cima assim que a minha rima
Chegar aos teus ouvidos e mudar a tua rotina

Não adianta chorar rios sobre águas passadas
Agora sigo em frente mas já dei curvas erradas
Pois às vezes só se apreciam dias de sol quando chove
E a vida pode ser uma estrada, sangue frio na IC19

fuente: musica.com disquito - musica.com

Compartir la letra 'Sangue Frio na IC19'

Buscar canciones
X
ir a arriba