GGOSS

DARRTVEIDA

GGOSS

LETRA

Alinear a la izquierdaAlinear al centroLetra más grandeLetra más pequeña

Ilhado nessa festa, penso eu - vim por que?
Me vi meio /Alessia, cara/ e eu com sede
Na rota da seda, negócios em verde
Sinais via rádio, smartphone/TV
Grudada na boca a garrafa de sake
Escorre em teu seio me dizendo - bebe!
Memória corrompida quase que pra esquecer
Brilho eterno ofusca/nostalgia dos 20
Torpe na calçada, tropeços ao descer
Não suportei a imagem - ri na tua face
Esmagas com copo, corrente de sangue
Ela tal Sara Lynn num ranger de dentes
Tô todo de preto darrtveida
Quero oculos escuros tal blade
Já é de novo noite umas 10, e eu...
Corri por umas linhas - to quente
Ela pediu um som, Youtube - Tropix
Céu da boca roxo, se pá suco, não lean
Pego o telefone - moshi, moshi! sushi
Preso pelo hashi do capital. debita-me
Tô todo de preto darrtveida
Quero oculos escuros tal blade
Já é de novo noite umas 10, e eu...
Corri por umas linhas - to quente

fuente: musica.com disquito - musica.com

Compartir la letra 'DARRTVEIDA'

Buscar canciones
X
ir a arriba