Imagen de la canción 'A Paz Não Acabou'

A Paz Não Acabou

Detentos do Rap

LETRA

Alinear a la izquierdaAlinear al centroLetra más grandeLetra más pequeña

Aí jhow, a cada esquina a cada passo
Uma história, violento
Mas em cada flor que nasce a vitória espero
Assim como toda a felicidade é passageira
Jhow nem o sofrimento será eterno

Olhe pro céu, amigo, eu te peço, por favor
Olhe pro céu, amigo, eu te peço, por favor
Olhe pro céu, amigo, eu te peço, por favor
E não me diga que a paz acabou

Eu olho para o céu procuro uma razão
Aqui na terra só destruição
Com muito zero no meio do nada
Como me sinto diante dessa mágoa
Tiros na noite, levou mais um daqui irmão
Amanheceu manchado de vermelho o chão
Agonia vem de mim ser o que sou
Eu ouvi bem o que esses loucos me falou
Embarcaram no pó, se perderam no crack
Todos eles se esqueceram de brecar a viagem
Pro mundo só existe de ilusão
Como a fuga sem sair de uma prisão
Não sou o ultimo, muito menos o primeiro
Pra conviver dentro desse pesadelo
A impureza tomou conta do lugar
Abasteceu no intuito pra não mais faltar
Um botijão, um vídeo da escola, irmão
Por qualquer cor, os louco decola então
Não tão nem aí, pro que vai acontecer
A consequência é ruim de se ver

Olhe pro céu, amigo, eu te peço, por favor
Olhe pro céu, amigo, eu te peço, por favor
Olhe pro céu, amigo, eu te peço, por favor
E não me diga que a paz acabou

A missão, na missão deixou vários no chão
A eternidade que foi dada graças a um oitão
A expressão da dor no rosto do senhor
Que sem acreditar no velório chorou
De lá pra cá esses loucos se ligar
Bandeira branca eu não quero mais fumar
Vão entender que o perigo é o dinheiro
Só milhões sem indício de enterro
Tipo tatu no morro da Malvina
Tipo guerreei da cidade campinas
Tico branco, bez pig
No extremo sul os loucos sempre firme
Colou na banca de Audi todo pá
Mó regaço na fita da tam
Banco os livros pros moleques na escola
Mó incentivo no mundo da bola
(?) Crime só corro com o certo
Tá embaçado mas tem louco que é correto
Achou que estou errado é só vir me procurar
Capão, s.a zona sul meu lugar

Olhe pro céu, amigo, eu te peço, por favor
Olhe pro céu, amigo, eu te peço, por favor
Olhe pro céu, amigo, eu te peço, por favor
E não me diga que a paz acabou

Dona Maria fica firme [?] e tal
Com fé em deus estarei aí no natal
Assim pra mim, assim pra você também
Deus é o único que vai muito mais além
Moleque novo que tá começando agora
Preste atenção quando acertar a hora
Em ultimo caso a febre pra bater de frente
Vai ser [?] Se citar com vinte no pente
Ignore tudo que por nós foi citado
Sangue frio ainda é pouco o tempo tá congelado
Seja mais um na febre, no gueto
Tanto faz a menos um preto
No escadão, no campão
Ajoelhado no altar da Conceição
A morte chegou disfarçada de crack
Preto acorda, preto reage

Olhe pro céu, amigo, eu te peço, por favor
Olhe pro céu, amigo, eu te peço, por favor
Olhe pro céu, amigo, eu te peço, por favor
E não me diga que a paz acabou

fuente: musica.com disquito - musica.com

Compartir la letra 'A Paz Não Acabou'

Buscar canciones
X
ir a arriba