REALMENTE NO ESTOY TAN SOLO EN PORTUGUES

Ricardo Arjona

Realmente nâo estou tâo só

Tomo um café com a sua ausencia e acendo um cigarro de saudade
dou um beijo no pescoco do seu espaco vazio.
Jogo xadrez com a sua história que acarecio as costas da memoria
desuzindo o par de sapato azul, que esqueceu.
E falo de politica
com a sua escova de dentes
com visao tao analítica
como quando se arrepende.

Realmente nao estou tao só quem disse que vocé se foi
se te encontro cocinando
uma lembranca na cozinha
ou na sombra que desenha a cortina.

Realmente nao estou tao só quem disse que vocé se foi
se vocé nao está em seu corpo
E se com quem sentia falta e eu aquí a sinto tanto.
Vocé ainda está aquí
sentir comigo,
quem está contigo?
se nem se quer estar vocé.

Brinco com a sua meia de seda e preparo um sanduiche de lembranca
enquanto eu coco o joelho dessa vida, sem vida.
Canto uma cancao para o nada
e me divirto com a melancolia
enquanto eu subo um fecho da saia, eu desejo sentindo tanta coisa.

Realmente nao estou tao só só vocé que está comigo
e nao se foi com vocé.
fuente: musica.com

Ricardo Arjona

Ficha de la Canción

Título:
REALMENTE NO ESTOY TAN SOLO (EN PORTUGUES)

Grupo/Cantante:
RICARDO ARJONA

Letra añadida por:
Nancitaa!

Letra escrita por:
RICARDO ARJONA

Letra publicada por:
SONY/ATV MUSIC PUBLISHING LLC

Licencia:
LyricFind

Valora la calidad de la letra

Compartir Letra

compartir en facebook
compartir en google plus
compartir en twitter

Enviar la letra 'Realmente no estoy tan solo en portugues' por email

Imprimir la letra 'Realmente no estoy tan solo en portugues' de Ricardo Arjona

ir a arriba